PORTADA  

 

 
      
  Othlo
Othlo / Letras / Poesía
/ Poemas de José-Augusto de Carvalho
 
 

 

Opina en el foro.

Contacta y opina con otros colaboradores de Othlo en la lista de correo.
Suscríbete al boletín de novedades de Othlo.
Colabora en Othlo.
 

 

SÓ AS ÁGUAS...

José-Augusto de Carvalho
20 de detembro de 2004
Viana do Alentejo, Évora, Portugal

 

 

Só as águas me trazem notícias

nas carícias de sal e de iodo...

 

Só as águas me lavam o todo

deste lodo de ausentes delícias...

 

Só as águas me cantam os versos

dos dispersos poemas perdidos...

 

Só as águas me choram olvidos

nos sofridos cantares submersos...

 

Só as águas me dizem que sim

neste fim de caminho e de mundo...

 

Só as águas me marcam segundo

a segundo este tempo de mim...

 

Só as águas me levam os ais

do meu cais já de barcas vazio...

 

Só as águas me aquecem no frio

assobio a gemer vendavais...

 

 

 

 



OTHLO
Revista electrónica

Asociación HuSe
CIF: G18538876
http://www.othlo.com
othlo@othlo.com
TF: (0044) (0) 7778379805
Manchester
United Kingdom

 
Dentro de
OTHLO:

 
Sobre
OTHLO: